Press "Enter" to skip to content

Mês: maio 2014

Cinismo

De longe, a gente vê o Brasil com uma lupa. A minha experiência é antiga; sempre que estou fora do País enxergo as coisas com mais clareza, e agora que estou convivendo com uma realidade semelhante – o narco-populismo de Cristina K – me convenço de que o cinismo lulo-petista atingiu o auge…

Comprovei isto, assistindo as respostas dos MAVs às mensagens no Twitter mostrando fotos do relacionamento íntimo de Lula da Silva e da sua laranja presidencial, confraternizando com os fantasmas do passado Sarney, Collor, Renan. As marionetes mantêm os mesmos argumentos: “O PSDB e FHC tinham as mesmas relações…”

Silenciam, porém, quando aparecem os fantasmas do presente, mensaleiros corruptos presos na Papuda, o falsário Pizzolato na Itália, e os sempre sorridentes André Vargas, Padilha e Paulo Roberto Costa – companheiros de fé. Calam-se porque a companheirada nada tem a ver com o tucanato.

Vou usar um velho clichê: é um cinismo revoltante. Este cinismo nada tem a ver com os filósofos Antístenes de Atenas e Diógenes de Sínope, neo-socráticos, fundadores da Escola Cínica. Àqueles pregavam um retorno à vida austera dos gregos; os cínicos lulo-petistas, ao contrário, querem a volta da esbórnia politiqueira que o seu partido antes condenava.

O PT se igualou ao que havia pior na política brasileira. Emparceirou com os 300 picaretas denunciados por Lula da Silva quando fingia combater a corrupção, embora pelego da Volkswagen e, segundo Tuma Jr., alcagüete do Dops paulista, sob o codinome “Barba”.

Os iludidos (se os há) representam uma fração por um inteiro. A velha militância, que se afasta envergonhada, denunciando as descobertas, algumas tardias, das estripulias do pelego-mor e da pelegada que o acompanha; os que ficaram são os caranguejos da utopia socialista, andando para trás na busca de um passado obsoleto com as bandeiras desbotadas de uma ideologia defunta.

Os novos são arrivistas, carreiristas, mercenários e oportunistas. Quando não estão pendurados nas tetas da administração federal recebem algo por fora… São estes que foram recrutados pela hierarquia do partido interno para “agitar” as redes sociais. Além dos blogueiros chapas-branca – com o banner de alguma estatal – surgiram os MAVs, com direito a congressos e seminários para aprender a atuar no mundo da Internet.

Estão fadados ao fracasso. São bloqueados pela má-educação ou linguagem inadequada; ou isolados pela ignorância do mundo real na cegueira da propaganda enganosa do virtual País das Maravilhas.

Os MAVs nem sequer alcançam o cinismo profissional da pelegagem; ficam no andar de baixo (ou nos porões) formando a rede de imposturas e de exageros na dissipação do dinheiro público. São aqueles cachorrinhos da antiga propaganda da RCA Victor ao pé do alto-falante ouvindo a voz do dono.

 Felizmente não teem condições de iludir ninguém, a não ser os que querem ser iludidos ou tiverem interesse nisto. Nós, que lemos os pensamentos de Abraham Lincoln, sabemos que: “Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar todas por todo o tempo.”

Quando um cínico lhe provocar pergunte-lhe pela inflação. Ele calará porque a inflação é indisfarçável. Ele não pode usar a estatística maquiada do PT-governo, porque os números dos preços na feira não mentem jamais.

O Índice de Preços Gerais do Mercado (IGP-M) sobe mês a mês. No primeiro trimestre já superou os números do mesmo período do ano passado. E a maior pressão veio dos gêneros alimentícios. Esse é o retrato de corpo inteiro do dragão, que havia sido acorrentado nos subterrâneos da República pelo Plano Real.

A volta da inflação radiografa a incompetência do PT-governo, e de sobejo o cinismo do ministro Mantega e de Tombini, presidente do Banco Central. Eles amordaçaram os institutos sérios deste País, o IPEA e o IBGE sob protestos dos seus pesquisadores e técnicos, mas de nada adiantou.

O problema está longe de ser apenas a alta dos preços. Ela vem associada ao crédito, aos gastos públicos, à renda familiar e às leis do mercado. Está na intervenção política no câmbio e nos juros.

A política econômica de Dilma – o mamulengo de Lula – está fora dos eixos. Rebaixamentos da nota do Brasil pela Standard & Poor’s apontam o excesso de gastos do PT-governo, o desperdício e a corrupção. Lápis, base, cremes, batom e blush da “contabilidade criativa” é uma maquiagem que já não trapaceia.

E não é só a inflação econômico-financeira. É a inflação do cinismo.

MIRANDA SÁ

mirandasa@uol.com.br

Leave a Comment

Márcia Maia destaca ações em combate à exploração sexual de crianças no RN

 Marcia
A deputada Márcia Maia (PSB) destacou, durante sessão desta quinta-feira (29), as ações da Frente Parlamentar em Defesa da Criança e do Adolescente. Entre elas uma reunião no Legislativo Municipal e de iniciativa da vereadora Júlia Arruda (PSB), sobre a violação dos direitos das crianças e adolescentes. “Temos uma grande preocupação com esse tema. Esperamos que o legado desta Copa não seja só de concreto, mas, principalmente, um legado humano. Estamos imbuídos nessa luta pela preservação dos direitos das nossas crianças e da sociedade como um todo”, disse Márcia, que é presidente da Frente Parlamentar na AL.

A parlamentar ainda destacou a entrega do Selo Copa Legal no último dia 22. O Selo foi conferido a estabelecimentos ligados ao entretenimento, turismo, organizações públicas e privadas que desenvolvam ou se comprometam a desenvolver programas, projetos e ações  de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, em seus ambientes e em suas áreas de atuação. “Estamos focados nesse trabalho por causa do que aconteceu na África do Sul, onde ouve um aumento de 40% nos casos de exploração sexual de crianças e adolescentes”, disse Márcia.

A deputada destacou que a ideia do Selo Copa Legal foi sua, mas trata-se de um Projeto da Assembleia. “É um projeto referendado pela sociedade civil organizada e já está em execução. Estamos com parceiros novos. Fomos ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante e fizemos a exposição para os taxistas que vão operar lá. Eles se interessaram bastante e interagiram conosco, solicitaram cartilhas em inglês para poder mostrar aos turistas que virão à Natal”, declarou.

Leave a Comment

Eleitores de Ipanguaçu retornarão as urnas neste domingo

A menos de uma semana da eleição, a população do município de Ipanguaçu com pouco mais de 14 mil habitantes, localizando na região do Vale do Açu à 214 km da capital do Estado, se prepararão para voltar as urnas neste domingo (01), pouco menos de um ano e meio após ter eleito prefeito e vice-prefeito da cidade nas eleições de 2012.
No Rio Grande do Norte, as cidades Caiçara do Rio dos Ventos, Serra do Mel, Mossoró e Francisco Dantas já realizam o processo eleitoral suplementar deste 2013.
A eleição suplementar ocorre após a decisão quando a juíza da 29ª Zona Eleitoral, Aline Daniele Belém Cordeiro Lucas casou o diploma em primeiro grau e logo depois o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE) confirmaram a suspensão do diploma do antes prefeito, Leonardo da Silva Oliveira (PT), que se reelegeu vencendo as últimas eleições com 58,17% dos votos validos. Mesmo com o antigo gestor impetrando recursos junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, o ministro João Otávio de Noronha, manteve a decisão da cassação do diploma e manteve a continuidade do processo eleitoral.
O TRE cassou o mandato do ex-prefeito Leonardo Oliveira e do vice-prefeito, Josimar Lopes (PSB), conjuntamente com o da Vereadora Maria Luzineide Cavalcante (PMN), por captação ilícita de sufrágio, quanto abuso de poder econômico em favor dos candidatos nas eleições 2012. O pedido de cassação foi representados pelo Ministério Público Eleitoral e pela Coligação Vontade do Povo, representada pela ex-candidata, derrotada, Maria Rizomar de Figueiredo Barbosa(PMDB).
Com a decisão, o município vivencia a um mês o processo eleitoral. Dois candidatos solicitaram o registro das candidaturas ao cargo pleiteado. O atual prefeito interino, Francisco Geraldo de Paula Lopes (PT) é candidato a prefeito, conjuntamente com Valderedo Bertoldo (PPS), candidato a vice-prefeito na qual reúne na chapa o apoio de sete partidos: PT – PPS – PSB – PSD – PRB – PSC e PV. Geraldo recebe ainda o apoio do ex-prefeito cassado, Leonardo Oliveira.
O outro candidato que solicitaram registro foi o ex-prefeito, José de Deus Barbosa Filho (PP) como candidato a prefeito e seu vice, o ex-prefeito Hélio Santiago Lopes (DEM). Os candidatos recebem apoio de seis partidos: PP – DEM – PMDB – PCdoB – PR e PMN. Mas na semana passada, no dia 23 de maio, os candidatos tiveram os registros indeferidos pela juíza eleitoral, Aline Belém. Na decisão a juíza acatou ação de impugnação de registro de candidatura posta pelo Ministério Público, considerando procedente em parte a impugnação para reconhecer a inelegibilidade do candidato a prefeito, José de Deus.
A impugnação deve-se que José de Deus é inelegível por ter suas contas de governo em 2005 desaprovadas pela Câmara Municipal, condenado ainda em processo pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), condenações do impugnado pela Justiça Federal de 1ª instância em ações de improbidade administrativa em que lhe foi imputada a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos, como também a relação de concubinato existente entre a irmã do ex-prefeito Leonardo Oliveira, a senhora Leda Maria de Oliveira e o impugnado José de Deus Barbosa Filho, acarretando a inelegibilidade por parentesco por afinidade em 2º grau.
O nome do ex-prefeito José de Deus ainda figura na lista de condenados no Cadastro Nacional de Condenados por ato de improbidade administrativa e inelegibilidade no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Segundo a lei da Ficha Limpa, José de Deus só poderá ser candidato a qualquer cargo eletivo só a partir de maio de 2019. O candidato José de Deus, recorreu da decisão ao TRE, o resultado deverá sair ainda esta semana.
Segundo a chefe do cartório eleitoral da 29º zona eleitoral com sede em Assu, Ana Isabel Félix Costa, o candidato indeferido tem até 24 horas antes para apresentar à Justiça Eleitoral o registro tendo à deliberação sobre a anulação, observado o disposto no art. 67, § 6º e § 7º, da resolução 23.373 da Lei nº 9.504/97.
De acordo ainda com Ana Isabel nesta eleição suplementar não será utilizado o sistema biométrico, o processo eleitoral no município de Ipanguaçu transcorrerá como em outras eleições. Os eleitores deverão se dirigir até seção eleitoral inscrita com o titulo eleitoral acompanhado de um documento com foto das 8 ás 17h do domingo, dia 1º de junho. Segundo a assessoria de comunicação do TRE estarão aptos a votar pouco menos de 10 mil eleitores  que compareceram à revisão biométrica que aconteceu esse ano, os que não fizeram a revisão não poderão votar.
Leave a Comment

Vale da Justiça: Polícias do RN e PB prendem bando especializado em roubo de carros

As Polícias Civil do Rio Grande do Norte e da Paraíba deflagraram na madrugada dessa quinta-feira (29/05), em Natal e região metropolitana, uma operação Conjunta denominada “Vale da Justiça”, com o objetivo de prender uma quadrilha interestadual especializada em roubo, receptação e adulteração de veículos. A ação contou com a participação do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do RN juntamente com a equipe da Delegacia Especializada em Defesa e Propriedade de Cargas e Veículos (Deprov). No total foram presas oito pessoas, além da apreensão de arma, drogas e veículos.

Ao todo foram cumpridos sete mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara da Comarca de Mamanguape-PB. As prisões aconteceram nas cidades de Natal, Parnamirim-RN e São José de Mipibu-RN. Segundo o delegado da Paraíba, Marcos Paulo Sales, as investigações se iniciaram há três meses pela Polícia Civil paraibana após uma ocorrência de roubo a veículos na localidade do Vale do Mamanguape.

“Essa investigação começou após um assalto que aconteceu no último dia 22 de fevereiro no sítio Uruba, que fica situado no município de Mataraca, na Paraíba. As vítimas foram dois natalenses que tinham uma propriedade naquele lugar e os bandidos levaram dois veículos, pertences e valores em dinheiro”, explicou o delegado Marcos Sales.

Após a identificação dos integrantes da quadrilha, que tinham residência no Rio Grande do Norte, foi pedido o apoio da Polícia Civil deste estado. “Além dos roubos a veículos, os criminosos também faziam os serviços de clonagem desses carros e vendiam a preços abaixo do mercado. Eles também atuavam no comércio de drogas como uma atividade paralela”, detalhou ainda o delegado. Os acusados também faziam o pagamento de drogas com os veículos roubados e ofereciam a terceiros serviços de clonagem de carros.

Os presos foram identificados como sendo Antonio Eduardo Bezerra de Melo, 59 anos, Erinaldo Medeiros dos Santos, Leandro Rodrigues da Silva, 22 anos, Luiz Gomes da Silva, vulgo “Gordo”, considerado líder do bando, de 43 anos, Claudineide Marcelino da Silva, 36 anos, Rafael da Costa Silva, Érika Dantas e Luiz Gomes da Silva Júnior, 27 anos, este último conduzido em flagrante por porte ilegal de arma, tráfico de drogas, receptação e adulteração de veículos. Todos os presos são do Rio Grande do Norte e praticavam assaltos a veículos no estado da Paraíba.

Com a quadrilha foram apreendidas uma pistola ponto quarenta de uso restrito, a quantia de R$ 7.500 em espécie, documentos em branco do DETRAN-PB, três tabletes de crack, dois veículos roubados, sendo um Ford Fiesta, cor Cinza, com placa fria, e um carro tipo Chery Tiggo, além de outros objetos como celulares e notebook.

Segundo o delegado da Deprov, Atanásio Gomes, a ação integrada entre as polícias foi fundamental para a desarticulação dessa quadrilha. “Nós colaboramos com a investigação e demos apoio na operação cumprida com êxito pelas duas polícias. Esperamos continuar com essa parceira não só com a polícia da Paraíba, mas de estados vizinhos, com foco no combate ao crime”, concluiu.

A operação contou com o apoio da Diretoria de Policiamento de Natal e Grande Natal (DPGRAN) e participação das equipes da Superintendência Regional de Polícia Civil (SRPC-PB) comandados pelo delegado Wagner Gusmão Durta e os Bel. Sterferson Nogueira da 7ª seccional de PC de Mamanguape-PB e os delegados da DP de Mamanguape-PB, Thiago Cavalcante dos Anjos e Marcos Sales de Castro.

*Fonte: Degepol

Leave a Comment

DOENÇA DE CHAGAS – Cadeia Pública de Caraúbas tem foco de “Barbeiro”

Alerta total na Cadeia Publica de Caraúbas no Médio Oeste, dessa vez o problema não é relacionado às constantes tentativas de fugas registradas na unidade, mas sim devido o aparecimento de vários barbeiros, insetos vetores da temida “Doença de Chagas”,

Tanto os Agentes Penitenciários como os detentos, estão reclamando da grande quantidade do inseto naquele estabelecimento penitenciário que atualmente esta custodiando cerca de 170 apenados.

A reportagem apurou junto aos profissionais que atua na unidade que o grave problema já foi comunicado á Prefeitura Municipal de Caraúbas via Secretaria Municipal de Saúde para tomar providencias em regime de urgência.

Diariamente os Agentes Penitenciários e apenados que cumprem pena na unidade, recolhem dezenas de “barbeiro”, inseto responsável pela transmissão da Doença de Chagas.

O problema tem ganhado maiores dimensões devido ao lado da Cadeia Pública de Caraubas ser tomada por um grande matagal. A presença do inseto na unidade prisional é antigo, resta saber se os barbeiros capturados estão infectados pelo protozoário Trypanosoma cruzi, transmissor da doença. O mais preocupante, é que a cadeia fica no bairro Aeroporto e não é descartado a possibilidade dos insetos já estarem nas residências daquele bairro.

O mal de Chagas até pouco tempo atrás era considerado uma doença rural, associada à pobreza e as péssimas condições de moradia, mas a doença se disseminou na área urbana, tomando proporções preocupantes. A doença se prolonga durante anos e os sintomas variam no decorrer da infecção. No início são apenas ligeiros inchaços nos locais infeccionados. Após cerca de 20 anos, tornam-se crônicos e podem afetar o coração e o intestino. Com informações de Gidel Morais.

Leave a Comment

Lei do Subsídio será votada na próxima semana

Mesmo com a presença de dezenas de policiais e bombeiros militares na galeria da Assembleia Legislativa, o presidente da casa, deputado estadual Ricardo Motta, adiou para a próxima quarta-feira (04), a votação do Projeto de Lei Complementar que concede 32% de reposição do subsídio para a categoria. O parlamentar alegou que a matéria lida na sessão de ontem (28), ainda não havia passado pela Comissão de Constituição de Justiça (CCJ).

E para dar mais celeridade ao andamento do projeto, a Associação de Cabos e Soldados do Rio Grande do Norte (ACS/RN), está programando uma grande movimentação, às 9h, da terça-feira (03), na Casa Legislativa. “Devemos comparecer maciçamente a Assembleia Legislativa neste dia, preferencialmente todos fardados, para adiantar a data de votação da nova tabela do subsídio, que está agendada para quarta-feira (04). Teoricamente, na terça (03), a matéria estará sendo lida pela CCJ, então pretendemos que os deputados dispensem a tramitação burocrática, para que o projeto saia direto da comissão para votação, ainda neste mesmo dia”, explica o presidente da ACS/RN, Roberto Campos.

Leave a Comment

Agentes Penitenciarios – SEJUC emite nota de esclarecimento sobre indicativo de greve

A Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania – Sejuc vem se manifestar acerca da possível paralisação dos agentes penitenciários no próximo dia 31 de maio.

1º – A pauta apresentada refere-se ao Plano de Cargos, Carreira e Remuneração – PCCR e o Estatuto, que segundo o Sindicato está em discussão desde 2011, porém o processo que trata dos dois projetos de Lei, nº 68.843/2014 5, teve sua tramitação iniciada em 28 de março de 2014, portanto há apenas 60 dias.

2º – Trata-se de duas Leis bastante extensas, sendo o PCCR com 55 artigos e o Estatuto com 66 artigos. Seguindo o Plano apresentado pelo Sindicato que trás muitas regulamentações na carreira do agente penitenciário, criação de vantagens e auxílios, além de um incremento na remuneração que somados podem chegar a mais de 200% de reajuste. Algo totalmente fora da realidade do nosso Estado e do País, uma vez que a inflação anual gira em torno de 6% no País;

3º – É importante frisar que a Secretaria de Justiça vem desenvolvendo importantes ações para a valorização do profissional agente penitenciário. Ao longo dessa gestão foi concedido um aumento de 45% a estes profissionais (15% em setembro/2012 e 30% em maio/2013), por meio da Lei Complementar Nº 474/2012, em 17 de setembro de 2012.

O Governo do Estado também nomeou novos agentes penitenciários, nos últimos dois anos, vindo a preencher todos os cargos existentes no final de abril/2014.

Em relação ao investimento em equipamentos, o Governo do Estado adquiriu coletes à prova de balas; algemas; espingardas calibre 12; pistolas Ponto 40, fuzis, munição, capacetes, escudos e caneleiras. Além do processo já em andamento para compra de fardamento.

Já sobre a aquisição de veículos, foram 20 viaturas de médio porte, de cinco viaturas tipo furgão, grande porte, e mais 10 veículos de pequeno porte.

No que diz respeito à infraestrutura, a Secretaria de Justiça vem realizando reparos nas unidades prisionais, como a reforma e ampliação da Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó. E construção da Cadeia Pública de Ceará-Mirim em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional – Depen, que encontra-se em fase de licitação.

A Sejuc e o Governo do Estado continuam abertos ao diálogo, como sempre estiveram para seguir com o debate, sobretudo por entender que o Plano de cargos e o Estatuto são uma conquista necessária, não só para esta categoria como para outras, porém a proposta apresentada pelo Sindicato implica em um incremento de 200% na remuneração, além dos 45% já concedidos na atual Gestão. são inexequíveis do ponto de vista financeiro para que o Estado do Rio Grande do Norte possa fazer face a esta despesa.

Leave a Comment

Agentes penitenciários encontram celulares e armas artesanais no CDP de Apodi

Após minuciosa revista, realizada pelos agentes penitenciários na carceragem do Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP), foi apreendido quatro aparelhos celulares e três armas artesanais.

A revista nas celas foi realizada após a visita social. Os agentes encontraram um aparelho dentro de um receptor de antena parabólica, e os outros três dentro de um banheiro que fica no solário da unidade prisional. As três armas artesanais também foram encontradas no teto do solário.

Todos os aparelhos celulares serão encaminhados para Coordenadoria de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte – Coape/RN, como também comunicado Juiz Criminal e ao Ministério Público da Comarca de Apodi.

20140528_173047
Celular vestido com um preservativo

Os apenados estavam fazendo uso dos aparelhos celulares para ligar para familiares, fazer ameaças e extorquir a população. Na carceragem do CDP de Apodi tem 34 apenados de varias cidades da região, inclusive de Mossoró, Umarizal, Severiano Melo, Itaú, Rodolfo Fernandes, Felipe Guerra, Iracema no Ceara dentre vários outros municípios.

A revista foi feita pelo diretor da unidade, agente Marcio Morais e com apoio dos agentes Natanael Vital e Vagner. Os agentes suspeitam que os aparelhos celulares estejam sendo introduzido na unidade prisional por familiares dos apenados e por algum preso do regime semiaberto. “Dispomos de informações que estão trazendo os celulares nas partes intimas”, comentou um agente penitenciário de Apodi.

Para o diretor do Centro de Detenção Provisória de Apodi, agente, Marcio Morais, os profissionais que atuam na unidade, tem feito de tudo para ressocializar os apenados que cumprem pena por aqui, mas existem alguns presos que não querem nada com a vida, não participam da escola, dos cultos e tentam criar problemas e dificultar o nosso trabalho. “Estamos atentos e qualquer um que tentar dar uma de espertinho por aqui, não vai se dar bem, pois estamos atentos para tirá-lo de tempo”, alfinetou o agente Marcio Morais.

Leave a Comment

Gustavo Carvalho pede regularização fundiária de conjuntos habitacionais no RN

Gustavo CArvalho - foto Joao Gilbero ALRN

O deputado Gustavo Carvalho (PSB) encaminhou requerimento ao Governo do Estado solicitando a regularização fundiária dos conjuntos habitacionais construídos pela extinta Companhia de Habitação Popular do Rio Grande do Norte (Cohab-RN). Segundo o parlamentar, muitos moradores já quitaram seus imóveis, mas ainda não conseguiram regularizar a situação de seus patrimônios. “Essas famílias estão esperando desde a década de 1990. A regularização é um instrumento importante da política urbana”, declarou o parlamentar.

Gustavo Carvalho também trouxe ao plenário uma preocupação relacionada às vagas para ingressar na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). Segundo o deputado, existe uma Lei aprovada pela Assembleia que prevê que 50% das vagas do vestibular da UERN sejam destinadas aos alunos da rede pública de ensino e a outra metade para os da rede privada. No entanto, Gustavo informou que a reitoria da Universidade está querendo mudar tal regra.

“Eles querem transferir as vagas da UERN para o exame do ENEM. O problema é que eles anunciaram essa mudança já para julho. O mais impactante é que os alunos das escolas públicas vão passar a disputar as vagas com alunos de outros estados brasileiros. Vão diminuir as vagas para os alunos do nosso Estado. Isso vai descumprir a nossa legislação estadual. Vou solicitar uma audiência com o reitor da UERN para solicitar que essa mudança seja de ordem legal e com um prazo suficiente para que os alunos tomem conhecimento antecipadamente e que possam fazer seus cursos preparatórios para o exame que vão prestar”, concluiu o deputado. 

Leave a Comment

Centro de Conciliação do Oeste realiza 96% de acordos entre banco e clientes

O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Região Oeste (CEJUSC/OESTE) obteve resultados positivos em mais um mutirão de audiências de conciliação. Realizado em 23 de maio, foram pautados 25 processos em andamento na Comarca de Mossoró, todos com participação do Banco do Brasil.

Paulo Giovanni de Siqueira Brandão, diretor do CEJUSC/OESTE, informou que o índice de acordos alcançou 96%, com pagamentos que se aproximam dos R$ 32 mil. “Foram 24 conciliações. Apenas em um processo não foi possível acordo”, detalhou. Participaram das audiências 210 pessoas, entre partes, advogados e outros interessados. “Pode parecer um quantitativo reduzido de ações, mas o fato de termos acordos na quase totalidade dos feitos sinaliza que estamos crescendo na cultura da conciliação”, avalia o diretor.

O CEJUSC/OESTE foi entregue oficialmente em setembro do ano passado. Sua atuação alcança dezenas de municípios, entre eles Mossoró, Assu, Pau dos Ferros, Macau, Apodi, Areia Branca e Alexandria. Os trabalhos são coordenados pelo magistrado José Herval Sampaio Júnior, atualmente em atuação como juiz convocado no Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Leave a Comment