Press "Enter" to skip to content

Categoria: Especiais

Trinta e dois anos depois, historiador relembra o maior assalto do RN

Pouco mais de 32 anos completados do maior assalto da história do Rio Grande do Norte, o “Roubo da Emergência”, como ficou conhecido a ação ousada protagonizada por membros da família Carneiro, de Caraúbas, que tomou de assalto 94 milhões de cruzeiros, que seriam destinados ao pagamento dos trabalhadores da Frente de Emergência contra a Seca, na região do Médio e Alto Oeste.

O assalto ocorreu na RN-117, na altura da comunidade da Timbaúba, entre as cidades de Caraúbas e Olho d’Água do Borges, na região do Médio Oeste potiguar. O dinheiro era levado num veículo tipo Brasília, por funcionários da Coletoria Estadual e estava em dois malotes.

No momento do assalto, parte da quadrilha estava num Opala ocupado pelo assaltante carioca Sidney Negão, contratado exclusivamente para liderar o assalto, e por mais três irmãos da família Carneiro.

O contexto histórico do assalto vai de encontro com um momento de transição política, compreendido entre o final da ditadura militar e o ressurgimento da democracia, conforme explica o historiador e pesquisador Tasso Sales Menezes, que durante décadas estudou profundamente o assalto e suas consequências políticas e sociais.

“O assalto aconteceu em maio de 1982, na efervescência da pré-campanha eleitoral para prefeito, vereador, deputado estadual e federal, senador e, pela primeira vez desde o AI-5 (Ato Institucional nº 05), para governador, encerrando um ciclo de biônicos indicados pelo regime militar para governar os estados”, destacou o historiador.

Para o historiador, as consequências do assalto dos 94 milhões foram muito grandes para o RN e, principalmente, para o município de Caraúbas, até então no anonimato e, devido à ação, a cidade passou a ser conhecida nacionalmente, uma vez que virou notícia nacional e internacionalmente.

“A cidade de Caraúbas, com o assalto ocorrido em seu município e protagonizado por filhos da terra das caraubeiras, passou a ser vista em todo o território nacional, por mídias faladas, escritas e televisivas, como uma das mais perigosas do Nordeste. Esse ícone negativo foi muito ruim para o município, que precisou de décadas para retirar essa fama”, contou.

Ainda de acordo com o historiador, o assalto virou tema de diversos trabalhos acadêmicos, alguns deles viraram livros, que são lidos e procurados por milhares de pessoas em todo o Brasil.

“Sem sombra de dúvidas, foi um dos acontecimentos que mais marcaram a história do município de Caraúbas e do Rio Grande do Norte, que é passado de geração a geração”, concluiu.

“A ideia era roubar 600 milhões, porém uma colisão alterou os planos da quadrilha”, diz historiador

As pesquisas realizadas pelo historiador Sales Menezes são baseadas em registros da Polícia Civil, mediante depoimentos dos mais de 50 presos que tiveram seus nomes arrolados nas investigações e em testemunhos de pessoas que assistiram de perto a todo o desenrolar das investigações.

Para o historiador, que dentre as inúmeras pesquisas teve como base também o livro escrito por José Viana Ramalho, “Dudé”, condenado a 20 meses de prisão pela participação no roubo, a ideia da quadrilha era realizar uma ação mais gigantesca ainda.

“A ideia era tomar de assalto 600 milhões de cruzeiros, direto do avião, quando ele pousasse no Aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró. Entretanto, um acidente de trânsito envolvendo a quadrilha impediu o roubo”, explicou.

Em recente entrevista a um veículo de comunicação da capital, o cantor evangélico José Vantuiu Carneiro, “Vanzinho Carneiro”, que participou do pelotão de choque da quadrilha e que foi condenado a mais de 140 anos de prisão, revelou que o dinheiro foi roubado para financiar a campanha de Raimundo Amorim Fernandes, o “Zimar Fernandes”, candidato a prefeito de Caraúbas, e não para capitalizar o bando ou para compra de armas, como são comuns nesse tipo de crime.

“Além do fator histórico, o assalto ao carro pagador da emergência gerou muitas histórias que são contadas em Caraúbas e região, entretanto, muito tempo depois, essas histórias soam como uma mancha negativa para alguns e um fato heroico para outros, movimentando assim a criatividade de quem as conta e aguçando a imaginação de quem as escuta”, concluiu Tasso Sales Menezes.

Detalhe do assalto

– Local do assalto:
RN-117
na comunidade de Timbaúba, em Caraúbas;
– Data:
maio de 1982
– Valor do roubo:
94 milhões
de cruzeiros (o maior já ocorrido no RN);
– Protagonistas do assalto:
Sidney Negão, Vanzinho
e Maurício Carneiro
– Mais de 50 pessoas presas.

Fonte: O Mossoroense

Leave a Comment

HOMEM POSTA FOTO COM PISTOLA NO FACE, DIZ QUE VAI CURTIR GRAFITH EM MOSSORÓ E É DETIDO ANTES DE CHEGAR A FESTA

Um homem identificado até o momento no Facebook como Marcio Breno postou no dia de ontem, 21/06/2014, uma foto no Facebook de posse de uma pistola dizendo que iria curtir o “Grafitão”. Não demorou e as fotos do perfil pessoal do sujeito circularam nas redes sociais e a polícia ficou atenta ao veículo que provavelmente o suspeito estava. Uma denúncia de um popular macauense, que terá sua identidade preservada, e que também ia até a cidade de Mossoró onde acontece o evento denominado Mossoró cidade junina, chegasse até a polícia.

press
Marcio Breno postou uma foto no Facebook de posse de uma pistola

O popular reconheceu o carro do suspeito pela placa e denunciou a polícia que montou um esquema para deter o indivíduo. O acusado foi detido em uma barreira realizada pela Polícia Rodoviária Federal e pela Guarda Municipal da cidade de Mossoró, mas não estava com a arma no momento da abordagem. O acusado foi detido e encaminhado a Delegacia de Mossoró onde deverá esclarecer a quem pertence e onde está a arma em questão, além de outras fotos de outras armas que tem no perfil do acusado no Facebook.

Com Informações do GTO de Macau

Leave a Comment

Senado aprova cota para negros em concursos públicos

O Senado aprovou a reserva de vagas para negros ou pardos em concursos públicos federais. Em votação simbólica, os senadores aprovaram o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 29/2014, que garante aos candidatos negros 20% das vagas de concursos a serem realizados por órgãos da administração pública federal, autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista controladas pela União.

Durante a votação, o Plenário e as galerias contavam com a presença de deputados e representantes de entidades de defesa da igualdade racial. Para entrar em vigor, a reserva só precisa ser sancionada pela presidente da República, Dilma Rousseff.

Pelo texto, de iniciativa do próprio Poder Executivo, os candidatos deverão se declarar negros ou pardos no ato da inscrição do concurso, conforme o quesito de cor ou raça usado pelo IBGE. Esses candidatos concorrerão em duas listas: a de ampla concorrência e a reservada. Uma vez classificado no número de vagas oferecido no edital do concurso, o candidato negro será convocado pela lista de ampla concorrência. A vaga reservada será ocupada pelo próximo candidato negro na lista de classificação.

– Temos de esclarecer que a cota é aplicada no processo de classificação. Todas as pessoas vão disputar as vagas no concurso público em pé de igualdade. Não haverá nenhuma possibilidade de se fazer injustiça. Todas as pessoas farão o processo seletivo e, apenas na hora de preencher as vagas, é que será observada a cota de 20% – explicou a senadora Ana Rita (PT-ES), que relatou o projeto na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).

Dez anos

O projeto determina ainda que a reserva de 20% será aplicada sempre que o número de vagas oferecidas no concurso seja igual ou superior a três. Ou seja, se forem três vagas, uma já fica reservada aos candidatos negros. A cota racial terá validade de dez anos e não se aplicará a concursos cujos editais tenham sido publicados antes da vigência da lei.

A proposta prevê punições caso seja constatada falsidade na declaração do candidato. As sanções vão da eliminação do concurso à anulação do processo de admissão ao serviço ou emprego público do candidato que fraudar os dados.

Relator do projeto na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o senador Humberto Costa (PT-PE), considerou “histórica” sua aprovação pelo Senado.

– Creio que hoje é um dia histórico porque no nosso país, ao longo dos últimos anos, temos procurado enfrentar um problema secular que existe no Brasil da discriminação e do preconceito racial – comemorou o senador.

Humberto Costa citou dados do Censo 2010, segundo os quais 50,7% da população brasileira são negros e mestiços, número que, entre os funcionários públicos federais, fica em apenas 30%. Quando os cargos são mais importantes, o índice cai ainda mais: entre os diplomatas apenas 5,9% são negros; nos auditores da receita são 12,3%; e na carreira de procurador da fazenda nacional, 14,2%.

Discriminação positiva

O senador José Sarney (PMDB-AP) lembrou ter sido o responsável por iniciar a discussão sobre cotas raciais no país, ao apresentar projeto reservando cotas para negros nas vagas no ensino superior e em concursos públicos, há 15 anos. Seu projeto, entretanto foi considerado inconstitucional à época pela Câmara dos Deputados, sob o argumento de criava discriminação entre as pessoas, o que era inconstitucional.

– Invoquei o fato de que as discriminações positivas estavam presentes na Constituição, como no caso dos deficientes físicos, que tinham direito à discriminação positiva. Quero me congratular com a presidente Dilma, que, com sua sensibilidade, consagra, de uma vez por toda, este princípio que, sem dúvida alguma, é um grande avanço e uma grande conquista para a raça negra no Brasil – elogiou Sarney.

A senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO) lembrou que, neste mês, completam-se 126 anos da Lei Áurea e 319 anos da morte de Zumbi dos Palmares.

– Se ainda temos que discutir a instituição de cotas para acesso ao serviço público da parte da população negra é porque a Lei Áurea, embora se constitua um marco no processo de emancipação do negro, não trouxe consigo os instrumentos que amparassem o negro no período pós-libertação.

Emenda rejeitada

O Plenário rejeitou a emenda apresentada pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) para estabelecer a reserva de 40% das vagas de concursos públicos federais a residentes do estado onde os cargos serão preenchidos. Ela já havia sido rejeitada tanto na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) quanto na CCJ. De acordo com o relator na CCJ, o conteúdo da emenda tratava de tema diverso ao contido no projeto em análise.

Agência Senado


Leave a Comment

Aberto processo seletivo para alunos especiais

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas – PPGCISH, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN, torna público, pelo presente Edital, o processo seletivo para candidatos a alunos especiais para o semestre 2014.1.

Poderão se inscrever portadores de diplomas de graduação da área de Ciências Sociais, Humanas e Afins, obtido em instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC). Os candidatos poderão se inscrever em, no máximo, duas disciplinas.

As inscrições poderão ser feitas pelo interessado, pessoalmente ou por procuração, no dia 03 de abril de 2014, no horário das 08h às 11h e das 14h às 17h, na Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas – UERN, no Campus Universitário, BR 110, Km 46, Bairro Costa e Silva, CEP 59.600-970, Mossoró-RN.

Para efetuar a inscrição, o candidato deve apresentar comprovante de pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 50,00, depositado na Conta Corrente do PPGCISH – Banco do Brasil S.A. Agência 0036-1, Conta Corrente 34.961-5. Não será aceito comprovante de depósito por meio de envelope bancário; Cópia do diploma de graduação ou outra documentação que comprove a conclusão; Cópia dos documentos pessoais (CPF e RG); Formulário de inscrição devidamente preenchido; apresentar uma carta de intenção, justificando as razões que motivam cursar a disciplina como aluno especial.

O resultado da seleção será divulgado no dia 09 de abril de 2014 no mural da secretaria do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas – UERN, nos sites www.uern.brwww.propeg.uern.br/ppgcish.

Leave a Comment

POLÍCIA MILITAR DO RN SELECIONA 20 MILITARES PARA COMPOR CONTINGENTE DA FORÇA NACIONAL

A partir dessa terça-feira, 25, a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte estará selecionando vinte Policiais Militares para comporem o efetivo da PMRN na Força Nacional de Segurança Pública.

As vagas são destinadas a PM’s que ainda não fazem parte do contingente da PMRN na Força Nacional. Os selecionados irão participar da Instrução de Nivelamento de Conhecimento (INC) e ficarão à disposição daquele órgão pelo período de um ano, podendo ser prorrogado por mais 30 dias.

O Processo Seletivo destina 1 (uma) vaga para o posto de Capitão, 2 (duas) para Tenente, 4 (quatro) para Subtenentes e Sargentos e 13 (treze) para Cabos e Soldados, os quais deverão passar por avaliação de saúde e física, além de investigação social.

Para se inscreverem os candidatos deverão preencher alguns requisitos como possuir bom comportamento, não ter sido responsabilizado ou condenado por infração administrativa grave ou condenação penal nos últimos 5 anos, além de outros requisitos.

As inscrições deverão ser realizadas na Diretoria de Pessoal, localizada no Quartel do Comando Geral, nos dias 25 e 26 de fevereiro, das 8h às 12h.

Leave a Comment

TCE vai inspecionar compra de imóvel pelo MPE

O Plenário do Tribunal de Contas aprovou, na manhã desta terça-feira (25), representação com pedido de inspeção para apurar eventuais irregularidades na aquisição do imóvel adquirido pelo Ministério Público Estadual. O pedido solicitado pelo procurador-geral do Ministério Público de Contas, Luciano Ramos, foi aprovado à unanimidade pelos conselheiros presentes a sessão, presidida pelo vice-presidente conselheiro Carlos Thompson.   O processo correrá em caráter seletivo e prioritário e terá a relatoria do conselheiro Gilberto Jales, relator dos processos do Ministério Público do Estado.

Na representação formulada, o procurador pede uma analise aprofundada da aquisição do imóvel localizado no cruzamento da Avenida Deodoro da Fonseca com a Rua José de Alencar, no Centro de Natal/RN, com o intuito de investigar as circunstancias da aquisição do prédio, como por exemplo, se o valor pago era compatível com os preços de mercado praticados  à época.

“De plano, percebe-se que a relevância da matéria, sua evidente complexidade e o potencial dano ao erário dos indícios apontados nas noticias são circunstâncias que cobram uma fiscalização mais apurada do Tribunal de Contas, fundamentando a legitimidade de sua intervenção nesse sentido, a fim de garantir o resguardo do interesse público”, justifica o procurador-geral.

Além disso, Luciano Ramos também questiona se na ocasião da compra, ou em momento anterior, era possível antever que o imóvel não preenchia os requisitos para obtenção do alvará de funcionamento, ou  qualquer outra licença necessária, conforme o destino que o Ministério Público queria das ao imóvel.

Outro ponto destacado na Representação diz respeito a inobservância das normas gerais para compra de imóveis pelo Poder Público específicas do Estado, inclusive se houve pronunciamento técnico favorável ou não, à aquisição do prédio. A inspeção também deverá analisar os danos causados pela não utilização do imóvel.

Por fim, o procurador-geral pede que caso seja verificada alguma irregularidade ao longo do processo, que se apure a responsabilidade dos gestores envolvidos, para fins de aplicação de multa e ressarcimento ao erário do dano verificado.

Leave a Comment

Comandante Geral do Corpo de Bombeiros recebe militares que atuaram na Copa das Confederações

O Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), Coronel Elizeu Lisboa Dantas, esteve reunido com 19 bombeiros militares mobilizados para compor o Departamento da Força Nacional de Segurança Pública para emprego na Copa das Confederações e Jornada Mundial da Juventude nos meses de junho e julho deste ano.

Na oportunidade, o 1º Tenente Natanael Avelino, Sub Comandante do Grupamento de Busca e Salvamento do CBMRN, apresentou as ações que a corporação realizou junto a força nacional detalhando a participação dos bombeiros potiguares em todas as fases.

“Neste período, em que estivemos compondo a força nacional, atuamos em várias frentes, inclusive na área do atendimento pré hospitalar como retaguarda às tropas de choque da força nacional. Foi uma experiência única que nos ajudará a melhorar os serviços prestados nos grandes eventos em nosso estado”, disse o oficial.

Durante as ações junto a Força Nacional, o RN foi homenageado através do Tenente Avelino, Sargento Denilson e do Soldado Marinheiro, que receberam a medalha “Ordem do Mérito Batalhão Suez”, em função dos serviços demonstrados durante a Copa das Confederações

Para o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros do RN, Coronel Elizeu Dantas, o reconhecimento profissional aos bombeiros potiguares serve para demonstrar que a corporação possui um efetivo feito de homens e mulheres de grande valor.

“Essa medalha oferecida aos bombeiros do Rio Grande do Norte é uma motivação para que em 2014 possamos estar prontos para garantir um evento ainda maior e mais seguro. O profissional bombeiro militar, além de uma excelente capacidade técnica e física, deve ser um exemplo de ética e moral. Quero parabenizar todos os bombeiros do RN que participaram da Copa das Confederações. Para mim, todos estão de parabéns”, destacou o Comandante Geral do CBMRN.

Leave a Comment

BNB inaugura agência em São Gonçalo do Amarante

A unidade será a 19ª do estado

Natal, 24 de março de 2014 – O Rio Grande do Norte ganha mais uma agência do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). A unidade no município de São Gonçalo do Amarante será inaugurada na próxima quinta-feira, dia 27, às 16h, na Rua Benedito Santana, S/N, próximo ao Gancho do Igapó.

Na cerimônia de inauguração estarão presentes o superintendente estadual do BNB para o RN, Francisco Carlos Cavalcanti, o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, dentre outras autoridades.

O gerente da nova unidade, Júlio Mário Maia Júnior, destaca a importância da chegada do BNB ao município nesse momento de crescimento e expansão. “Estamos chegando em São Gonçalo do Amarante para inserir um novo ritmo financeiro à economia local. Temos uma equipe preparada para identificar bons projetos de empresas organizadas, que desejam acompanhar a pujança da região, estimuladas, principalmente, pela proximidade das operações do Aeroporto Internacional Governador Aluísio Alves”, afirmou o gestor.

A agência será a 19ª em todo o estado e além dos clientes de São Gonçalo, atenderá empresários do município de Extremoz.  Ainda no primeiro semestre, o BNB inaugurará mais uma agência, dessa vez, no município de João Câmara.

Leave a Comment

SERVIDORES DO ITEP E DA POLÍCIA CIVIL FAZEM PARALISAÇÃO DE 48 HORAS

A partir das 8h desta quarta-feira (26), as categorias vão cruzar os
braços._

Os servidores do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) e os
policiais civis do Rio Grande do Norte decidiram paralisar suas
atividades por 48 horas, nesta quarta-feira (26) e quinta-feira (27). A
decisão, tomada em assembleia geral na noite desta terça-feira (25),
é uma resposta à falta de compromisso do Governo do Estado para com o
Estatuto do ITEP, a nomeação dos concursados da Polícia Civil,
realização de novo curso de formação e demais itens que não foram
cumpridos.

Desde o início de março, as categorias já haviam agendado a votação
da paralisação para este dia 25, data que tinha sido dada pelo Governo
Rosalba Ciarlini para envio do Estatuto do ITEP para a Assembleia
Legislativa. Na manhã desta terça-feira, inclusive, a Diretoria do
Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública chegou
a se reunir com o novo secretário de segurança, general Eliéser
Girão Monteiro.

“Apesar disso, como já era previsto, nada nos foi apresentado. O
Estatuto do ITEP, por mais absurdo que pareça, não se sabe nem onde
está. Em relação a pauta da Polícia Civil, o general demonstrou
ainda não ter conhecimento sobre o pleito dos policiais”, informou
Djair Oliveira, presidente do SINPOL-RN.

Diante desse quadro, as categorias deliberaram pela paralisação de 48
horas, contando a partir das 8h desta quarta-feira. “Os servidores do
ITEP e policiais civis vão se reunir na sede do SINPOL-RN, na Cidade
Alta, e decidirão para onde seguir em mobilização. Ao longo de todo
dia, serão realizadas ações para mostrar à sociedade e ao Governo
Rosalba a indignação dessas categorias”, completa Djair Oliveira.

O presidente do SINPOL-RN afirma ainda: “convocamos todos os servidores
e policiais a participar de mais essa luta em prol de melhoria para as
duas instituições e, principalmente, para a sociedade potiguar, devido
ao estado de caos na segurança pública e momento de guerra em que vive
nosso Estado”.

Leave a Comment